A Flor de Nigella é uma planta anual ornamental que oferece belas cores e traz uma florada refinada

A flor nigela é uma pequena planta anual que oferece uma floração aérea, muito refinada, e folhagem decorativa. A mais conhecida é a nigela de Damasco, comumente reconhecida como “nigella damascena” Tem flores em forma de estrela, muitas vezes azuis, rosa ou brancas. Você pode colher as flores para compor belos buquês e até mesmo fazer buquês secos com os frutos. A nigela também é conhecida por suas sementes comestíveis.

Não muito exigente e quase não requer manutenção, a nigela está entre as plantas mais naturais para crescer. Ela gosta de drenagem e solo leve, mesmo que seja pobre em matéria orgânica. Gosta de ser plantada ao sol ou sob uma leve sombra. A flor não é sensível a doenças e é fácil multiplicá-la através da semeadura. Ela também tende a semear espontaneamente no jardim. Ela não sufoca outras plantas, mas faz maravilhas nos canteiros!

A nigela floresce no verão, geralmente entre junho e julho-agosto, às vezes até setembro.

Descubra os seguintes pontos:

* Descrição Botânica

* Variedades

* Características principais

* Onde plantar a Nigella de Damasco?

* Cuidados e manutenção

* Propriedades medicinais

Descrição Botânica

A nigela inclui cerca de 20 espécies de plantas anuais originárias da Europa, Ásia e Norte da África. Ela cresce na França em estado selvagem, juntamente com algumas outras espécies de nigelas. A flor pode ser encontrada em campos, terras devolutas, bermas de estradas e terrenos rochosos.

O nome da nigela vem do latim niger: preto, em alusão à cor de suas sementes. Em francês, eles a chamam de “cabelo de Vênus”, devido à finura de sua folhagem, emplumado e dividido em segmentos lineares. Em inglês, a nigela é chamada de “demil in the bush”

A nigela pertence à família do ranúnculo, a renonculataceae. É uma grande família, reunindo mais de 2.000 espécies de plantas, em sua maioria herbáceas, muitas vezes tóxicas. Helleborus, lobbaneus, columbines, clematis, delphiniums e anémonas pertencem a esta família. A floração pode ser mais cedo ou mais tarde, dependendo de quando se realiza a semente.

Variedades

A nigela tem flores em tons suaves e pastéis. São muitas vezes azul claro, às vezes quase vermelho, ou violeta-violeta-púrpura. Por exemplo, as variedades “Rosa Persa” e “Mulberryrose” têm lindas flores cor-de-rosa. A nigela oriental se destaca com suas flores amarelas! Há também misturas de sementes que dão uma variedade de flores em muitos tons. A nigela freqüentemente tem uma bela tonalidade de cor, que pode variar de flor para flor. Além disso, a cor da mesma flor muitas vezes muda ligeiramente com o tempo.

Por exemplo, as flores da variedade “Mulberryrose” são primeiro rosa suave quando florescem, e depois se tornam mais rosadas. No “Dwarf Moody Blue”, elas são roxas-mauve, evoluindo para uma tonalidade azul. Às vezes as flores oferecem um belo contraste entre as sépalas, que são frequentemente brancas ou azuis claras, e os pistilos/stamina, que podem ser muito escuros, pretos ou borgonhesos.

Características principais

A nigela tem lindas flores em forma de estrela, geralmente solitárias e portadas no final dos caules. Elas medem entre três e cinco centímetros de diâmetro. São compostas de cinco a 25 sépalas petaloides (que têm a forma de pétalas), coloridas. Elas rodeiam de cinco a 10 folhas frequentemente menores e às vezes carregam o néctar consumido pelos insetos.

As flores de nigela são hermafroditas: cada uma tem órgãos masculinos (estames) e femininos (pistilos). Assim, no centro da flor, há de cinco a 10 pistilos reunidos e eretos, rodeados por um grande número de estames. São geralmente muito decorativos, trazendo mais refinamento para a flor.

Algumas nigelas se distinguem por estilos de floração muito diferentes, como a nigela “Estrelas Azuis”, que tem pequenas flores de cinco pétalas azul-violeta com muitos estames no centro.

Onde plantar a Nigella “Damasco”?

Plante a nigela diretamente no solo, ao sol ou em uma situação de pouca sombra. Sob demasiada sombra, a floração pode ser menos abundante. A nigela aprecia os solos férteis e pode se contentar com solos pobres. É uma planta relativamente pouco exigente, que pode crescer em qualquer solo. Ela pode ser mais abundante em solos ricos em matéria orgânica, mas é provável que desenvolva mais folhagem. A Nigella prefere solos de pH neutro.

A nigela de Damasco gosta de substratos drenantes, onde a água se infiltra rapidamente. Ela cresce muito bem em solos arenosos. Se o solo de seu jardim é denso, compacto e retém água, aconselhamos trazer materiais de drenagem: pozzolana, cascalho ou areia grossa. A nigela é uma planta natural, que se contenta com pouco: é perfeita para ocupar áreas do jardim onde o solo é pobre e seco, rochoso. Você pode semeá-la nos cantos mais difíceis do seu jardim.

Cuidados e manutenção

A nigela de Damasco não precisa de manutenção, além de uma possível rega em caso de altas temperaturas e algumas ervas daninhas. As cultivadas em vasos podem requerer rega mais freqüente do que as cultivadas no solo, pois o substrato seca mais rapidamente.

Aconselhamos remover as flores desbotadas, não podá-las, para aproveitar as cápsulas decorativas que podem se formar, e permitir que a planta faça sementes. Você tem a opção de deixá-la semear sozinha, ou colher sementes para fazer suas semeaduras ou oferecer algumas.

Não hesite em colher as flores de nigela para fazer buquês! As chances são de que cortá-las possa prolongar ligeiramente o período de floração; entretanto, isto pode impedir que você desfrute das cápsulas decorativas. A nigela não é suscetível a doenças. Ela não precisa de tratamento. O único problema pode vir de lesmas e caramujos, que às vezes comem os brotos jovens.

Propriedades medicinais

Nigella, também conhecida como cominho preto, é uma planta aromática da família do buttercup. As sementes pretas, às quais ela deve seu nome, são comestíveis. Muitas vezes utilizada na culinária como tempero, tem também muitas virtudes medicinais, mais ou menos conhecidas. Ela limpa o corpo de toxinas, estimula a regeneração celular, fortalece o sistema imunológico e destrói as bactérias.

Uso interno

Ele fornece um excelente suplemento dietético dedicado ao equilíbrio físico. Além disso, existem inúmeras propriedades curativas: digestivo, diurético, estimulante, antioxidante, galactogênio (ativa a secreção de leite em mulheres lactantes), analgésico e antialérgico. Ele estimula o sistema imunológico, reduz o colesterol ruim e previne a pressão alta.

Uso externo

A planta tem a virtude anti-inflamatória e calmante do óleo essencial. Ele reduz dores de cabeça, tonturas e dores nas articulações com aplicações locais ou massagem. Além disso, trata constipações, dores dentárias (com enxaguamentos bucais) e problemas de pele (psoríase, acne, eczema, queimaduras).

A nigela tem uma bela floração em forma de estrela, muitas vezes azul, mas também branca ou rosa. Além disso, apreciamos sua folhagem incomum, vaporosa e leve. A nigela é uma planta pequena com uma aparência muito natural e muito charme! Muito fácil de semear e crescer, ela floresce em quase todos os lugares e praticamente não requer manutenção. Ela resseca espontaneamente no jardim.

To top
EnglishSpanishFrenchDeutscheItalianPolskiePусскийSitemap