A Flor do Estado da Carolina do Norte é uma planta decorativa que merece um lugar em cada jardim

O pau-brasil é um grande arbusto de folha caduca que apreciamos por seu longo período de floração, mas também muitas vezes por suas belas cores outonais. A flor simboliza o estado da Carolina do Norte. Você pode apreciar a flor em um pequeno jardim pela beleza de suas grandes pétalas cor-de-rosa e sua folhagem colorida no final da estação. Beleza e elegância são as palavras-chave para descrever o pau de cachorro florido (cornus em latim) com seu encanto encantador. No inverno, primeiro você percebe sua forma elegante. No início da primavera, pequenas brácteas verdes em torno de um coração ovóide decoram o galho. À medida que se abrem, as flores crescem, ficando brancas ou coloridas, dependendo da variedade. Uma exposição ao sol, um solo rico em húmus, fresco, leve e sem calcário podem ser os pontos-chave essenciais para garantir um espetáculo único e colorido em seu jardim durante toda a estação. Você pode aprender o seguinte ao ler:* Descrição Botânica* Características Principais* Onde Plantar a Flor de Madeira de Cão?* Dicas Úteis para Plantar* Cuidados e Doenças* Propagação

Descrição Botânica

A família Dogwood consiste em 40 espécies de cornus, subdivididas em vários subgêneros, incluindo cornus, swida, e híbridos. As flores de dogwood são nativas de regiões temperadas do hemisfério norte (Europa, Ásia ou América do Norte) onde crescem na borda das florestas ou no mato. Etimologicamente, a palavra latina cornus refere-se ao chifre, referindo-se à dureza de sua madeira. As madeiras floridas formam pequenas árvores ou grandes arbustos decíduas ou sempre-verdes que variam de 3m a 8m de altura, dependendo da espécie. Eles se adaptam bem a pequenos jardins. O pau de cachorro carrega muitos cymes com quatro grandes brácteas brancas ou cor-de-rosa na primavera. No final do verão, aparecem as bagas vermelhas. Esta espécie é sensível às geadas tardias. Além disso, precisa de solo ácido e um alto nível de umidade ambiente. A flor é suscetível à antracnose

Características principais

As folhas únicas são verdes médias, ovais, onduladas e penduradas. São carregadas por galhos verdes jovens que se tornam avermelhados no lado ensolarado. A casca mostra tons de cinza do mais belo efeito, dependendo da espécie. A partir de agosto, a folhagem das espécies caducifólias começa a ganhar cores vibrantes, principalmente com espetaculares tonalidades vermelho-púrpura no outono. Algumas variedades de cornus acrescentam à sua flor magnífica folhagem brilhante de verde e branco (cornus kousa samaritan) ou verde e amarelo. Algumas delas são pequenas e se adaptam bem ao cultivo em recipientes e grandes vasos no terraço ou na varanda. Após a floração, as madeiras de cachorro oferecem frutos compostos decorativos, de 2 a 3 cm de diâmetro, desde o final do verão até dezembro, se não forem comidos antes. Oval, carnudo, vermelho, madeira de cachorro (o nome dado ao fruto) são muito apreciados pelos pássaros. Algumas são comestíveis mas não muito saborosas, e outras não devem ser comidas

Onde plantar o Dogwood Blossom?

A flor do canil gosta de solos ácidos a solos neutros, hummus, frescos mas bem drenados. A maior parte do cornus não gosta de clima quente e prospera em semi-sombra. Plante-os sob a cobertura de grandes árvores, mas com uma copa não muito densa, caso contrário, prejudica a floração. Desta forma, deve-se proteger a folhagem dos raios ardentes do sol da tarde, bem como das geadas da primavera que podem danificá-la. No entanto, algumas variedades como cornus kousa e Florida podem crescer ao sol em climas oceânicos e temperados onde mantêm uma bela forma e uma floração generosa. É possível cultivar pequenos bosques de cachorro com floração em grandes vasos (60 cm de diâmetro mínimo). Tenha cuidado. O substrato deve permanecer fresco, não muito molhado e não muito seco. Verifique regularmente se o solo no vaso não está seco e coloque o recipiente em um local abrigado de ventos frios ou secos

Dicas úteis para o plantio

Para plantar uma madeira de cachorro em flor, primeiro é preciso soltar o solo até 80 cm de diâmetro e 60 cm de profundidade. Depois, adicione uma boa dose de adubo foliar ou estrume bem decomposto e turfa, pozzolana ou bolas de argila para melhorar a drenagem, se necessário. Em segundo lugar, cavar um buraco de duas a três vezes o tamanho do torrão para que as raízes possam se desenvolver adequadamente. Não se esqueça de colocar sua madeira de cachorro no meio, certificando-se de que o colarinho esteja ao nível do chão. Coloque a terra de volta ao redor do torrão, e empacote-o levemente com as mãos. Aconselhamos que regue abundantemente e adube 10 cm de espessura com folhas mortas ou adubo para manter o torrão fresco, e certifique-se de regar regularmente durante o primeiro ano à razão de uma regadora por semana durante o período de verão, de preferência à noite. As madeiras para cães em flor não são um desafio para crescer, mas requerem plantio cuidadoso

Cuidados e Doenças

O solo não deve estar seco no verão e ensopado no inverno. Os bosques para cães são sensíveis ao estresse hídrico. Para plantas cultivadas em grandes vasos, você pode usar bolas de fertilizante de liberação lenta. As madeiras caninas floridas podem ser afetadas pela antracnose (ou doença do antrax). A Cornus florida é mais suscetível a ela. Esta é uma doença fúngica causada por fungos. A antracnose é indicada pelo aparecimento de manchas acastanhadas bordejadas por roxo, necrose nas folhas e galhos, estes fungos aproveitam as feridas para entrar, portanto não podam. O míldio em pó também pode afetar a madeira de cachorro. Você pode observar uma feltragem branca nas folhas. Além disso, as pétalas ficam deformadas. Esta doença pode aparecer quando o tempo está úmido. A aeração adequada entre as plantas ajuda a proteger contra o fungo

Propagação

Multiplicar a floração de madeira de cachorro não é fácil. Se você ainda quiser tentar a experiência, você tem que prosseguir semeando e cortando. Semear um cornus requer muito tempo e paciência para ver as primeiras flores aparecerem. Na verdade, leva vários meses para observar a germinação e de 12 a 20 anos para ver uma bráctea. É preciso primeiro retirar as sementes colhidas de sua polpa e semeá-las frescas. Não recomendamos o corte para o corte de madeira de cachorro em flor. O resultado é aleatório. Se você quiser experimentá-lo, tire cerca de 15 cm de seções de talos em agosto ou mesmo setembro. Em um local sombrio que permita manter uma temperatura de cerca de 18° graus, plante as estacas em uma mistura de solo de jardim (nem sempre calcário) e areia de rio para clarear a planta. Suas flores grandes e coloridas são feitas de quatro grandes brácteas cor-de-rosa, brancas ou amarelas. Elas têm folhas decorativas que assumem belos tons de marrom, vermelho ou laranja no outono. Elas são cobertas com frutas carnudas e altamente decorativas que oferecem um espetáculo original no outono e encantam a fauna local. Vivem muito tempo e prosperam em semicolores em qualquer solo fresco e rico em húmus.

To top
EnglishSpanishFrenchDeutscheItalianPolskiePусскийSitemap