Como manter vivas as rosas frescas cortadas

Receber um presente de rosas é uma das coisas mais surpreendentes que você pode experimentar. Não há surpresa, portanto, que as pessoas se preocupem com a preservação dessas flores. Na verdade, as pessoas tentam todo tipo de idéias malucas para que suas rosas durem o mais perto possível da eternidade. Como toda flor natural, uma rosa não pode durar para sempre, não importa o que você faça. No entanto, há coisas que você pode fazer para melhorar o tempo de vida dela. Isto lhe dá um período mais longo no qual você pode desfrutá-las. Neste artigo, veremos as medidas que você pode tomar para aumentar a longevidade das rosas recém-cortadas.

Algumas das dicas que você encontrará neste artigo incluem:

  • Limpeza do vaso
  • Enchendo o vaso
  • Preparando o vaso
  • Cortando os caules
  • Resfriando a Flor
  • Mantendo o vaso
  • Ajudando as rosas a durar o máximo de tempo possível

Primeira etapa – Limpeza do vaso

Você precisa começar por garantir que seu vaso esteja limpo. Se ele for novo em folha, dê-lhe uma limpeza leve apenas para garantir que não haja partículas flutuando por aí. Para um vaso usado, assegure-se de que esteja bem limpo, para que não haja vestígios de sujeira do uso anterior. Qualquer tipo de detritos no vaso pode apresentar um problema para o futuro. Isto porque os detritos podem facilmente contaminar a água colocada em um vaso. O maior problema com isso é que a contaminação pode resultar em um tempo de vida mais curto para suas rosas. Isto é muito contraproducente, considerando que você está tentando preservá-las por um período prolongado. Você também deve inspecionar visualmente o vaso quanto à integridade estrutural. Use água morna e ensaboada para a lavagem. Um surfactante como o sabão funciona melhor com água morna. Uma vez terminada a lavagem, certifique-se de enxaguar bem o vaso antes de você.

Segunda etapa – Enchimento do vaso

A primeira coisa que você precisa fazer aqui é encher seu vaso com água morna. Certifique-se de seguir esta instrução, pois a temperatura é fundamental para que você consiga fazer isso. As rosas cortadas frescas nunca devem ser expostas a temperaturas quentes ou frias. Um banho morno promove o conforto das flores, o que ajuda a garantir que elas durem mais. Temperaturas extremas, quentes ou frias, não são propícias a um processo suave. Em vez disso, elas dão um choque às flores devido à súbita mudança no ambiente. Imagine dizer a seu maravilhoso doador de presentes que você destruiu acidentalmente as rosas enquanto tentava preservá-las.

Terceiro passo – Preparando o vaso

As flores cortadas geralmente requerem atenção e cuidados especiais. Tradicionalmente, as plantas têm raízes em sua base, que são moídas no solo ao seu redor, o que lhes permite absorver água e os vários nutrientes que precisam para uma existência saudável. Sempre que o corte ocorre, este não é mais o caso, portanto torna-se necessário implementar uma alternativa. É aqui que entram em jogo os alimentos florais. Dependendo de onde as rosas foram compradas, elas provavelmente vieram com um pacote de alimentos florais recém-cortados. Isto se destina a garantir que as flores possam sobreviver em seu estado de corte e longe do solo. Se sua compra não incluísse um pacote deste alimento floral, você poderia usar um de outro conjunto de flores. Seria melhor se o pacote fosse um feito para rosas. Dissolva o pacote de alimentos na água de seu vaso.

Quarto passo – Cortar os caules

A próxima tarefa é cortar os caules. O objetivo de fazer isso é cortar os xylems (tubos que conduzem a água) no final dos caules. Os xylems causam uma câmara de ar na base do talo, o que dificulta a captação de água. Sem as raízes intactas, o caule é a única chance que uma planta tem de obter nutrientes. Portanto, esta é uma das etapas mais críticas em todo o processo. Seu corte precisa ser feito com uma tesoura ou uma faca afiada. O corte precisa ser feito de forma limpa e em uma única fatia. Caso contrário, você pode esmagar a base do caule durante o corte. Uma base esmagada cria um problema semelhante a uma câmara de ar, portanto, assegure-se de que suas ferramentas estejam afiadas.

Passo Cinco – Resfriar as flores

Mantenha suas flores refrigeradas sempre que elas não precisarem estar fora, como quando você não estiver por perto. Locais refrigerados ajudam na manutenção e preservação das flores. Esta é a razão pela qual os floristas tendem a manter as flores em espaços refrigerados antes de sua venda. Pode parecer um pouco estranho para você estar guardando as plantas em uma geladeira, mas isso é necessário. Colocar as flores repetidamente e retirá-las da geladeira não é benéfico. As mudanças consistentes de temperatura podem levar a uma murchidão prematura. É melhor guardá-las sempre que você planeja ficar fora por mais de um dia. Nesses pontos, você deve colocar as flores na geladeira imediatamente antes de sair e retirá-las quando voltar.

Passo Seis – Manutenção do vaso

É aqui que começa a manutenção consistente. É preciso garantir que a água do vaso seja trocada regularmente. Embora as rosas precisem de água para sobreviver, nunca se deve permitir que elas fiquem na mesma água por muito tempo. Verifique e troque a água todos os dias ou assim. A água envelhecida é conhecida por contribuir para o murchamento prematuro de suas flores. Lembre-se também que essas rosas sobrevivem exclusivamente da água, portanto, espere que elas a bebam de forma consistente. Manter um nível adequado de água também é uma preocupação importante. A manutenção de um nível de água aceitável junto com o reabastecimento de água contribui para a longevidade desejada.

Passo Sete – Ajudar as rosas a durar o máximo de tempo possível

A etapa final do processo é outra etapa de manutenção. Não importa o que você faça, não há como evitar o murchamento de gemas e folhas. Removê-las sempre que você as vê contribui para a manutenção de suas rosas. Isto não é apenas por razões estéticas. Gemas e folhas murchas podem cair na água que está no vaso. Quando isso acontece, eles apodrecem, e compostos que não são saudáveis para seu buquê infiltram-se na água. A última coisa que você quer é flores saudáveis sugando a água que está contaminada.

To top
EnglishSpanishFrenchDeutscheItalianPolskiePусскийSitemap