Flor de romã: Uma Fragrância Brilhante

A flor da romãzeira é uma bela descendência de sua árvore. Conhecida por seus atributos vermelhos brilhantes, ela é um arbusto pequeno que cresce a uma altura de cerca de 16 a 33 pés. Com um diâmetro de cerca de 1,2 polegadas, esta árvore é nativa dos arredores da Pérsia, atual Irã. A árvore prospera no verão e em climas mais quentes, inclusive na Índia, partes da África, sudeste da Ásia e na bacia do Mediterrâneo. A América espanhola, Califórnia e um punhado de outros lugares também têm uma população próspera.

O Punica granatum, como chamado binomially, é um arbusto decíduo. Pertence à família de Lythraceae. A flor é mais famosa por seu fruto, que é usado em muitos pratos. Os proprietários apreciam o melhor de seus frutos e a beleza de suas flores. Se você deseja ter estas plantas sempre verdes, deixe que este artigo o acompanhe através dela:

* A Aparência e suas Variedades.

* A Época de Floração e as Necessidades de Crescimento.

* Usos Antigos, Símbolos e Adições Culinárias.

* Causas da floração pobre ou da queda rápida.

* Pragas e doenças que a afetam e remédios.

A Aparência e suas Variedades

A árvore produz uma espécie macho e uma espécie fêmea, sendo que as espécies fêmeas dependem do macho para a polinização. Ambas as flores têm uma gama de três a cinco pétalas, que estão na cor laranja brilhante ou vermelha. Há também uma rara variação de cor de rosa. As bordas ou vêm em uma forma lisa, com rufos ou um pouco de branco. Para cada árvore florida, há uma leve e adorável fragrância.

Época de floração e necessidades de crescimento

A romãzeira é uma planta fácil de cultivar e cultivar. Isto a torna uma adição perfeita a cada jardim. Embora não cresça bem nas estações frias, ela prospera bem nas estações mais quentes. A planta tem necessidades mínimas de crescimento. Adaptada principalmente a solo seco, esta planta cresce em todos os tipos de solo, exceto o argiloso. Desde que o solo possa drenar bem, esta planta tem a certeza de sobreviver.

A origem da árvore é uma planta com solo pobre e poucos nutrientes, portanto, esta planta não requer cuidados intensivos e fertilização. Com uma característica única de resistência à seca, esta planta necessita de muito pouco suprimento de água. Uma vez por semana é tudo o que ela precisa para mantê-la viva.

Em muitas áreas, esta planta tem sua época de floração por volta de setembro e mais tarde. Mas tem havido registros de épocas de floração anteriores por volta de março no Hemisfério Sul.

Usos Antigos, Símbolos e Adições Culinárias

Conhecida como um bem de luxo na China, a flor de romã data do 5º milênio AC. Ela também é mencionada em um antigo tratamento médico indiano como ingrediente necessário. Recentemente, tem havido especulações de que seu benefício à saúde também inclui a prevenção de doenças cardíacas. Em muitas receitas culinárias, a ebulição e a tensão da flor resultaram em um chá saudável e refrescante.

Causas da flor que floresce mal ou cai rapidamente

A romãzeira é uma planta que pode florescer muito, e com o cuidado e a poda certos, você pode ter uma bela árvore. A romãzeira é dura e resistiu a vários ataques do meio ambiente e outros. Se você experimentar o oposto, então só pode haver um punhado de problemas que afetam sua árvore.

O primeiro problema a ter em mente com as romãzeiras é o gênero de suas flores. Ao contrário de muitas plantas, esta árvore produz tanto flores masculinas quanto femininas juntas. Uma flor masculina cai naturalmente com o tempo, portanto, se você tiver principalmente flores masculinas, você deve esperar esta perda. Além disso, uma flor feminina cai quando não houve polinização a partir de uma flor masculina. Isto pode ser um problema se sua árvore não estiver produzindo o suficiente da flor masculina. Você pode saborear as flores por mais tempo apenas quando elas são fertilizadas, o que significa produção de frutos.

O ambiente é outro fator para a perda de flores. A romãzeira não cresce bem em climas frios. Quando há uma mudança na temperatura, então você pode perder flores. Uma solução para isso é retirá-las do ar livre se você estiver cultivando-as em um vaso. Ou então, cultivar sua romãzeira em uma estufa.

O próximo fator é biológico. A romãzeira leva cerca de três anos para amadurecer o suficiente para dar frutos. Até esse momento, cada flor de sua árvore em dado momento cai. Isto não deve ser motivo de alarme, e os cuidados regulares resultam automaticamente em uma planta saudável.

Peste e doenças da romãzeira

Um problema significativo para a flor da romãzeira é o das pragas e doenças, conhecido por levar muitas árvores à ruína. Muitas delas não são uma ocorrência regular, mas saber como cuidar delas é uma necessidade para todos os proprietários.

Aqui estão algumas das conhecidas e a melhor maneira de lidar com elas.

Cercospora Fruit Spot: Este é um ataque fúngico sobre as folhas que dá manchas de cor marrom claro. Também cria grandes manchas que na maioria das vezes são pretas nas frutas. O mau cuidado pode levar rapidamente à morte de sua planta. É um ataque proeminente durante chuvas fortes e solos com muita água. Para manutenção e tratamento, comece retirando os frutos, galhos, folhas e galhos infectados. Em casos extremos, recorra a fungicidas para controle.

Apodrecimento do coração: Tem sintomas menos visíveis. A fruta afetada, porém, pode ser mais leve que o resto em peso e talvez mais pálida, mas a certeza só vem quando o interior da fruta está apodrecido. Causada por fungos, não há solução para o controle.

Pulgões: Esta é uma infestação de insetos que deixa a árvore fraca e atrofiada. Os sintomas vêm em podridões e mofo nos frutos. As plantas afetadas transmitem os insetos. Para controle, limpe o entorno da planta e remova as partes que mostraram um sinal. Também é possível usar água com alta força para lavar a planta livre, e em casos extremos, um inseticida é aconselhado.

Outros incluem;

* Insetos de plantas com pés de folhas.

* Mealybug.

* Rolador de folhas omnívoro.

* Broca de frutas de romã.

To top
EnglishSpanishFrenchDeutscheItalianPolskiePусскийSitemap