Missouri State Flower: História, Descrição e Etapas Gerais de Plantio

O Missouri designou a flor branca de espinheiro como a flor oficial do estado em 1923. O espinheiro-alvar é freqüentemente usado para constituir sebes defensivas em jardins. O espinheiro é um arbusto que forma arbustos emaranhados. Pertencente à família das rosáceas, como a rosácea, por exemplo, pode atingir 10 metros de altura. Isto é bastante grande para um arbusto.

Você pode encontrá-lo na borda das florestas ou em encostas selvagens, e pode reconhecê-lo por suas pequenas folhas verdes brilhantes e suas flores brancas ou rosadas que aparecem na primavera. Esta pequena árvore cresce naturalmente no campo, onde está espalhada. Fácil de manter, floresce na primavera e dá frutos no outono. Como uma sebe defensiva ou isolada, o espinheiro-alvar é uma escolha sábia para seu jardim.

Ao ler isto, você pode aprender o seguinte:

* Descrição

* Características

* Plantio * Um pouco de história

* Pestes e Doenças

* Dicas ecológicas

Descrição

O espinheiro (gênero crataegus) é uma pequena árvore da família da rosácea, tanto resistente (até -20 graus C) quanto pouco exigente. Pode atingir de 6 a 12 metros de altura, com um tronco curto e uma silhueta arredondada. A folhagem é caducifólia.

Também chamado de espinheiro branco ou maywood, o espinheiro-alvar tem um curto período de floração. Eles devem ser colhidos quando as flores ainda estão em botão. Elas devem ser colocadas para secar em um local bem ventilado, à sombra, espalhadas sobre uma fina camada de tecido para preservar seu perfume. O uso do espinheiro para fins medicinais remonta à Idade Média. As flores são utilizadas por suas propriedades cardiotônicas.

Nativo das regiões temperadas do Hemisfério Norte, o espinheiro-alvar é muito comum na natureza, onde muitas vezes coloniza terras abandonadas e expostas ao sol. No jardim, seu crescimento lento e seu hábito altamente ramificado o tornam agradável como uma sebe protetora, especialmente para espécies espinhosas.

Características

Hawthorn é um tipo de arbusto ou árvore com ramos espinhosos que podem atingir até 10 metros de altura. As folhas têm até cinco lóbulos e são verdes e brilhantes. As flores são brancas ou ligeiramente rosadas e estão agrupadas em corymbs, dispostos no mesmo plano.

Há vários tipos de espinheiro, como o espinheiro de dois estilos ou o espinheiro de cinco estilos. O espinheiro pode ser encontrado no sudoeste asiático, mas também na Europa e América do Norte, de preferência na borda das florestas.

Seu crescimento lento e porto muito ramificado é usado no jardim para criar belas sebes intransponíveis, especialmente com espécies com espinhos longos. Em áreas urbanas, para espaços verdes, são utilizadas as novas cultivares sem espinhos, que são menos perigosas para os transeuntes e crianças. Na primavera, do final de maio até o início de junho, sua floração intensa a transforma em uma verdadeira bola de neve com um odor inebriante para a maioria das espécies de flores brancas em corymbe.

Plantio

Hawthorn é uma planta natural para crescer. É menos exigente e se contenta com a maioria dos solos, sejam ácidos, neutros ou mesmo um pouco calcários, por mais bem drenado que seja o solo! O espinheiro-alvar cresce a pleno sol, assim como a meia sombra. É muito resistente e pode, portanto, ser plantado na maioria das regiões.

Uma vez bem plantada, esta árvore requer pouca manutenção. Algumas regas no primeiro ano no verão podem ser suficientes. Então você pode deixá-la para a natureza! A única ação necessária, especialmente para as sebes, é a poda, após a floração ou no outono, para remover a madeira morta, para desbastar o centro para deixar entrar o máximo de luz possível e para cortar os galhos exuberantes para dar à árvore uma bela forma.

Plante-a em um recipiente no outono ou na primavera. Para construir uma sebe robusta e decorativa, pode-se plantar apenas espinheiros ou alterná-los com outras espécies de arbustos, tais como espinheiros negros, madeira de cachorro, etc.

Um pouco de história

Os chineses usaram o espinheiro na 650 a.C. por suas propriedades medicinais no tratamento de distúrbios cardiovasculares. Desde os anos 80, extratos padronizados têm sido objeto de ensaios clínicos em pessoas que sofrem de insuficiência cardíaca congestiva, entre outras condições. Sua prescrição por médicos é necessária. Atualmente, seu uso como planta medicinal é difundido na Europa, principalmente na Alemanha, Áustria e Suíça, onde é utilizado na composição de muitas preparações para uso terapêutico.

Na França, as cápsulas de pó vegetal são vendidas em farmácias e ervanários. Seu uso é, no entanto, destinado ao tratamento de pequenos distúrbios: palpitações de origem nervosa, nervosismo, etc.

Pestes e Doenças

Embora este arbusto seja relativamente resistente, pode, como a maioria das rosáceas, ser afetado por várias doenças criptogâmicas, tais como :

Oídio em pó: feltragem branca nas folhas. Sulfato com enxofre em pó nos primeiros sinais.

Sarna de maçã: manchas marrons e rachaduras aparecem em todas as folhas, flores e frutos.

Ferrugem: evitar o plantio de espinheiro junto ao zimbro, pois a doença precisa de ambos os hospedeiros para se desenvolver.

A queimadura, que tem destruído tantas sebes: Esta doença, que pode afetar várias árvores frutíferas (maçã, pêra, marmelo) e árvores ornamentais, deve-se ao desenvolvimento de uma bactéria que penetra através das flores e pode então se desenvolver em toda a árvore. Os galhos secam como se tivessem sido queimados. Eventualmente, ela a mata.

É perigoso porque é altamente contagioso e sem qualquer outro tratamento que não seja profilático. Se você notar sua aparência, na primavera ou no verão, corte a árvore imediatamente e queime-a rapidamente.

Dicas Ecológicas

Para o tratamento de doenças, aconselhamos a tomar soluções preventivas que devem fazer parte da manutenção. Na queda, recolher as folhas mortas (assim como galhos, frutas, etc.) que tenham caído no chão e queimá-las. Em seguida, pulverizar uma solução de mistura Bordeaux quando as folhas caírem e antes que os brotos se quebrem. Não aspergir mais depois, pois o espinheiro não pode tolerar o cobre.

Em caso de falha, você tem que escolher entre usar produtos eficazes, porém tóxicos, ou destruir o(s) arbusto(s) afetado(s) pelo fogo.

O outro interesse destas sebes :

Ao plantar uma sebe de espinheiro para cercar seu jardim, você pode criar um excelente refúgio para muitos animais. Primeiro, os pássaros também podem se alimentar de suas bagas vermelhas no inverno. Segundo, para sebes e outros animais ou insetos úteis.

O espinheiro-alvar (crataegus laevigata) ou whitethorn é uma pequena árvore que pode ter de seis a 10 m de altura, bem conhecida por suas propriedades medicinais, mas especialmente por sua presença freqüente em sebes e bordas de madeira. O espinheiro-grande pode resistir a temperaturas de até -20°C. O espinheiro bravo seria altamente útil em distúrbios do sistema nervoso, seja insônia ou também ansiedade. Além disso, o espinheiro-alvar é recomendado para vários problemas cardíacos, tais como ritmo, insuficiência ou palpitações. Esta planta também é útil em caso de doenças como angina ou laringite.

To top
EnglishSpanishFrenchDeutscheItalianPolskiePусскийSitemap